BLOG

Porque o excesso de estresse lhe Faz Mal?

Data: Quarta-feira, 30/09/2020 13:00
Fonte: https://www.tuasaude.com/cortisol/#:~:text=O%20cortisol%20%C3%A9%20um%20horm%C3%B4nio,assim%20como%20a%20press%C3%A3o%20arterial. https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/dist%C3%BArbios-end%C3%B3crinos-e-metab%C3%B3licos/dist%C3%BArbios-adrenais/

INTRODUÇÃO.

Você já ouviu falar em Cortisol? Caso a resposta seja não, saiba que o Cortisol é parte fundamental do seu organismo. Mas para que ele serve? Qual a importância dele para o funcionamento do corpo? Quais são os riscos de ter Cortisol alto ou baixo?, tire suas principais duvidas nesse post, confira.

  

O que é o cortisol?

O cortisol é um hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais, que estão localizadas acima dos rins. A função do cortisol é ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial.

Os níveis de cortisol no sangue variam durante o dia, porque estão relacionados com a atividade diária e a serotonina (vai ter artigo sobre aserotonina também.), que é responsável pela sensação de prazer e de bem-estar. Assim, os níveis de cortisol basal no sangue, geralmente, são maiores de manhã ao acordar, de 5 a 25 µg/dL, e depois vão diminuindo ao longo do dia para valores menores que 10 µg/dL, sendo que em pessoas que trabalham à noite os níveis se invertem.

 

Efeitos do cortisol Alto no organismo humano. 

cortisol alto no sangue pode originar sintomas como perda de massa muscular, aumento de peso ou diminuição de testosterona ou ser indicativo de problemas, como a Síndrome de Cushing, por exemplo.

Já o cortisol baixo pode originar sintomas de depressão, cansaço ou fraqueza ou ser indicativo de problemas, como a Doença de Addison, por exemplo.

 

O que pode acontecer se estiver com alta quantidade do cortisol no seu corpo?

O cortisol alto pode originar sinais e sintomas como:

  1. Perda de massa muscular.
  2. Aumento do peso.
  3. Aumento das chances de osteoporose.
  4. Dificuldade na aprendizagem.
  5. Baixo crescimento.
  6. Diminuição da testosterona.
  7. Lapsos de memória.
  8. Aumento da sede e da frequência em urinar.
  9. Diminuição do apetite sexual.
  10. Menstruação irregular.

O cortisol alto também pode indicar uma doença chamada Síndrome de Cushing, que gera sintomas como aumento rápido do peso, com acúmulo de gordura na região abdominal, queda de cabelo e pele oleosa.

 

Tratamento para o cortisol alto. 

O tratamento para baixar o cortisol pode ser feito com remédios prescritos pelo médico, além de outras formas de controlar naturalmente o excesso de cortisol no sangue que são fazer exercício físico regularmente, ter uma alimentação saudável aumentando o consumo de vitamina C e diminuindo o consumo de cafeína.

 

Efeitos no cortisol Baixo no organismo humano. 

O cortisol baixo pode causar sinais e sintomas como:

  • Depressão.
  • Fadiga.
  • Cansaço.
  • Fraqueza.
  • Desejo repentino de comer doces.

O cortisol baixo também pode indicar que a pessoa tem Doença de Addison, que gera sintomas como dor abdominal, fraqueza, emagrecimento, manchas na pele e tonturas, principalmente ao levantar.

 

 

Como são avaliados os niveis de cortisol?. 

O exame do cortisol está indicado para avaliar os níveis de cortisol e pode ser feito através de uma amostra de sangue, de urina ou da saliva. Os valores de referência dos níveis de cortisol no sangue são:

  • Manhã: 5 a 25 µg/dL;
  • Final do dia: menor que 10 µg/dL.

Se o resultado do exame do cortisol estiver alterado, é recomendado consultar um endocrinologista para identificar a causa e iniciar o tratamento o mais rápido possível, se for necessário, porque os níveis de cortisol altos ou baixos nem sempre são indicativos de doenças, pois eles podem estar alterados devido ao calor ou à presença de infecções, por exemplo.

 

AUTORA DO ARTIGO QUE USOU A FONTE PRIMARIA DA PESQUISA VIA DMS. 

Dr.ª Clarisse Bezerra
Dr.ª Clarisse Bezerra
MÉDICA DE SAÚDE FAMILIAR

Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

RESUMO DE UM ARTIGO DA "DMS", LINKS do artigo primário: https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/dist%C3%BArbios-end%C3%B3crinos-e-metab%C3%B3licos/dist%C3%BArbios-adrenais/vis%C3%A3o-geral-dos-dist%C3%BArbios-adrenais